Foz do Iguaçu será sede do JamCam 2020

A União dos Escoteiros do Brasil (UEB) já cuida da organização do 16º Jamboree Scout Interamericano e do 3º Camporee Scout Interamericano. Realizados a cada três anos, em 2020, será a vez de Foz do Iguaçu receber os dois encontros. Juntos, eles deverão reunir entre seis e oito mil escoteiros das Américas no Centro de Convenções. A escolha do Brasil para sede do chamado JamCam 2020 foi em outubro do ano passado, em Houston, no Texas, e a captação para a escolha para que seja realizado em Foz do Iguaçu contou com apoio do Iguassu Convention & Visitors Bureau.

Seguindo os preparativos, nos últimos dias, Luiz Carlos Pamplona, Luiz Horn e Vitor Augusto, representantes da diretoria da UEB; e Pedro Pavão, do Grupo Escoteiros Cataratas, fizeram visita de inspeção. Acompanhados pelo gerente de eventos do Iguassu CVB, Alexandre Jung, eles vieram para conhecer a infraestrutura do Destino e verificar os equipamentos que serão utilizados na realização do evento. Na ocasião, os integrantes do comitê organizador participaram de reuniões estratégicas para elaboração da programação e logística do evento.

Terceiro evento em Foz

De acordo com o gerente de eventos da UEB, Luiz Carlos Pamplona, a cidade de Foz de Iguaçu foi escolhida para sediar o Jamcam 2020 justamente por oferecer os melhores atrativos turísticos, além de uma excelente logística com fornecedores e apoiadores públicos. “A União dos Escoteiros do Brasil fala isso com propriedade, pois já realizamos dois grandes eventos na cidade em 2001, com sete mil e quatrocentos participantes no Jamboree Pan-americano, e 2009, com cinco mil no Jamboree Nacional, com certeza iremos repetir esses sucessos.

O JamCam será realizado de 04 a 12 de janeiro de 2020. Durante os oito dias, o acampamento deve movimentar a região com visitas aos principais atrativos turísticos como as Cataratas do Iguaçu, Parque das Aves e Itaipu.

Movimento Escoteiros

O escotismo é um movimento que, por meio de atividades variadas, incentiva os participantes ao aprendizado e às práticas comunitárias. Dados da UEB indicam que no Brasil existem atualmente mais de 100 mil escoteiros, sendo que aproximadamente 20 mil são voluntários adultos. O escotismo está presente em 637 cidades somando um total de 1291 grupos. Para ser escoteiro é preciso ter entre seis e 21 anos de idade.

Assessoria de Imprensa Iguassu CVB – Jornalista: Andréa David / 45.99971-9751

Foto:UEB